Após duas semanas de ‘sumiço’, Renan Calheiros volta ao Senado

O emedebista não dava as caras no Congresso desde sua derrota na disputa pela presidência do Senado.
20/02/2019 16h58 - Atualizado em 20/02/2019 16h58

Foto: Reprodução


O senador Renan Calheiros (MDB-AL) voltou a marcar presença no Senado Federal, no início da noite desta terça-feira, 19, após mais de duas semanas de “sumiço”. O emedebista não dava as caras no Congresso desde sua derrota na disputa pela presidência do Senado, no dia 2 de fevereiro, quando o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) foi escolhido pelos seus pares o novo comandante da Casa.

Renan permaneceu pouco mais de cinco minutos no Plenário e cumprimentou boa parte dos senadores presentes, mas não subiu à Mesa para falar com Alcolumbre, que estava presente na sessão.

Segundo aliados próximos de Renan, o senador do MDB passou esse período em uma fazenda no interior de Alagoas, seu estado natal. A interlocutores, ele tem dito que vai mais observar do que opinar, nesta nova legislatura. Ele tem afirmado também que não vai nem atacar nem defender o governo de Jair Bolsonaro.

Estadão Conteúdo


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso