Bandas e blocos de carnaval são fiscalizados neste final de semana em Manaus

Para os quatro dias de Carnaval, na próxima semana, ele destacou que a Polícia Militar terá um grande efetivo, que vai atuar em Manaus e no interior.
25/02/2019 09h14 - Atualizado em 25/02/2019 13h19

Foto: Divulgação


Da Redação 

No final de semana que antecedeu o Carnaval, 22 bandas e blocos de ruas autorizados foram fiscalizados pela equipe da Central Integrada de Fiscalização (CIF), que reúne os órgãos do Sistema de Segurança, além dos demais órgãos estaduais e municipais. As atividades foram coordenadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), por meio da Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada de Segurança (Seagi).

O secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates, acompanhado do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte, fiscalizou eventos de rua nos bairros Coroado, São José, Mauazinho, Nossa Senhora das Graças, Chapada, Centro e Educandos. Ele destacou o trabalho integrado da SSP-AM para garantir um Carnaval tranquilo na cidade.

“Tivemos um sucesso absoluto no trabalho da Segurança Pública. Todos, Polícia Militar, Polícia Civil, Detran, Corpo de Bombeiros, todos empenhados em garantir um Carnaval de paz e alegria para a população. Para o Carnaval, o esquema que montamos hoje será mantido, com unidades móveis, plataforma de observação aérea, e reforço no efetivo”.

De acordo com o comandante-geral da Polícia Militar, apenas no final de semana pré-Carnaval mais de 1,2 mil homens realizaram a segurança de quem foi curtir as festas de rua. Para os quatro dias de Carnaval, na próxima semana, ele destacou que a Polícia Militar terá um grande efetivo, que vai atuar em Manaus e no interior. “No Carnaval, teremos um efetivo de aproximadamente 7,5 mil policiais. Desses, 7 mil serão empregados na segurança da capital. Nossa capilaridade estará empregada não apenas em Manaus, mas no interior do Estado também”.

Para dar apoio às ações de segurança dos principais blocos, a Polícia Civil, como parte da Operação Carnaval 2019, colocou o ônibus da Delegacia Móvel, que realizou durante todo o final de semana atendimentos, entre Boletins de Ocorrência (BO), Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO), de crimes de menor potencial ofensivo. O mesmo trabalho será realizado nos dias de Carnaval.

Sábado e domingo

No sábado (23), as principais bandas de rua da cidade foram a Banda da Bica, na avenida 10 de Julho, e da Difusora, na avenida Eduardo Ribeiro, ambas no Centro. De acordo com a Polícia Militar, os dois eventos receberam um público de aproximadamente 40 mil foliões. Ainda no sábado, duas bandas foram interditadas por não terem autorização de funcionamento e, em uma terceira, o organizador foi levado para prestar esclarecimentos por estar com a documentação do Corpo de Bombeiros falsa.

Já no domingo (24) a Banda do Boulevard reuniu um público de aproximadamente 50 mil pessoas. Em um evento na rua José Clemente, Centro, os organizadores estavam vendendo cerveja em garrafa de vidro, contrariando a Portaria Conjunta 001/2019, que regulamenta as festas de rua. A CIF foi acionada para verificar a situação e aplicar as punições. Mesmo com esse caso, o secretário Louismar Bonates ressaltou o empenho, de forma geral, dos organizadores dos eventos em cumprir as determinações para a realização das festas.

 

“Tivemos poucas bandas irregulares e essas foram fechadas. Os organizadores estão bem conscientes. Isso dá uma tranquilidade para o público, que sabe que está indo para um lugar que tem segurança”.

Com informações da Assessoria 

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso