“Bolsa Bandido” é defendido na tribuna da ALE por líder do governo Wilson Lima

Serão disponibilizados R$ 500 mil pela Afeam para presos investirem em pequenos negócios.
19/02/2019 14h15 - Atualizado em 19/02/2019 19h00

Foto: Reprodução/Facebook


Redação AM POST

O líder do governo na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), deputado Carlinhos Bessa (PV), decidiu defender nesta terça-feira (19) na tribuna da casa o polemico crédito de R$ 500 mil que A Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) vai disponibilizar para a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) para presos investirem em pequenos negócios.

O deputado estadual Wilker Barreto (PHS) retrucou a fala de Carlinhos Bessa, fez severas críticas ao financiamento e chamou de “Bolsa Bandido”. Ele também afirmou que a medida é uma brincadeira com o contribuinte.

Como justificativa o líder do governo afirmou que esse projeto não é recente e não foi criado pela atual gestão. Carlinhos destacou que no último ano, foi feito aditivo de R$ 1 milhão para a linha de crédito do ‘bolsa bandido’, mas o governo usou ‘apenas R$ 372 mil’.

O recurso será distribuído de forma parcial aos detentos ficando R$ 250 mil em cada semestre de 2019.

*Com informações da Agência AM1


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso