Dupla que cometeu em três meses cerca de 17 roubos em ônibus na Zona Sul é presa

Segundo a polícia até o momento a dupla foi reconhecida por oito vítimas.
20/02/2019 16h22 - Atualizado em 21/02/2019 12h48

FOTOS: RAQUEL MIRANDA/PC-AM


Redação AM POST

Dupla que estava sendo investigada por cerca de 17 roubos ocorridos nos últimos três meses em transportes coletivos urbanos no momento em que trafegavam pelos bairros Japiim e Petrópolis, ambos na zona sul de Manaus foi presa na manhã de terça-feira (19/02), por volta das 10h30.

Cassiano Pinheiro da Silva, 30, e Keysson Henrique Ferreira da Cruz, 29 foram detidos na casa onde Cassiano estava morando, situada na avenida Jorge Bivaqua, no bairro Japiim.

Segundo a delegada titular do 3° Distrito Integrado de Polícia (DIP), Kelene Passos, desde o mês de dezembro de 2018, os policiais civis identificaram cerca de 17 roubos a ônibus nos bairros Japiim e Petrópolis. Todos com o mesmo modo de operação e sempre praticados por uma dupla, portando arma branca.

“A dupla entrava nos veículos em um ponto de ônibus situado próximo a uma universidade na avenida General Rodrigo Octávio, bairro Japiim, e, logo em seguida, anunciava o roubo. Um rendia o motorista, enquanto o outro recolhia os pertences dos passageiros. Em seguida, eles empreendiam fuga ainda naquela mesma via, nas proximidades de uma unidade de uma rede atacadista. Devido à constante prática dos delitos, os motoristas que trabalhavam na área passaram a reconhecer Cassiano e Keysson”, argumentou a delegada.

Alguns ônibus que Cassiano e Keysson roubaram tinham câmeras de segurança que registraram toda a ação da dupla. Diante dos fatos, a delegada representou à Justiça o pedido de prisão preventiva em nome dos infratores. As ordens judiciais foram expedidas no dia 12 de fevereiro deste ano, pela juíza Bárbara de Araújo Folhadela, no Plantão Criminal.

De acordo com o titular da 1ª Seccional Sul, Divanilson Cavalcanti, até o momento a dupla foi reconhecida por oito vítimas. Ele também enfatizou a importância das pessoas que forem vítimas de roubos a ônibus coletivos formalizarem o BO em uma das unidades policiais da capital.

Divanilson Cavalcanti orientou a população para que tenha sempre em mãos, no momento do registro da ocorrência, o número de Identificação Internacional de Equipamento Móvel (Imei) do aparelho celular roubado, que pode ser encontrado na nota fiscal e caixa do objeto.

Cassiano e Keysson foram indiciados por roubo majorado. Ao término dos procedimentos cabíveis no 3° DIP, a dupla será conduzida ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), localizado no quilômetro oito da rodovia federal BR-174, onde irá ficar à disposição da Justiça.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso