Vice-prefeito de Amaturá tem assinatura falsificada em PL aprovado por vereadores que pede empréstimo de R$5 milhões

Segundo interino, o maior suspeito de ter cometido a falsificação é o chefe de gabinete do prefeito.
26/02/2019 15h23 - Atualizado em 27/02/2019 15h59

Foto: Reprodução


Redação AM POST

O vice-prefeito de Amaturá, Arnaldo Alexandre Pereira (MDB), teve sua assinatura falsificada em um Projeto de Lei (PL) enviado para a Câmara de Vereadores do município (distante 1255 quilômetros de Manaus) e aprovado pelos parlamentares com o pedido de empréstimo no valor de R$5 milhões. A denúncia foi registrada na Delegacia de Polícia da cidade que investiga a fraude.

O crime ocorreu em um período de ausência do prefeito de Amaturá, Joaquim Corado (MDB), e na gestão interina de Arnaldo Pereira, que assumiu o município na época. Foi enviado para a Câmara o Projeto de Lei Nº030/2018 que pedia autorização do poder executivo para contratar operação de crédito junto ao Banco do Brasil.

“O projeto, ora submetido ao criterioso exame dessa Casa Legislativa, busca dotar a administração deste município de recursos necessários a investimentos em infraestrutura, segurança, transporte, logística, aquisição de equipamentos e modernização no sistema de informação, tornando o atendimento mais estruturado dinâmico e eficiente”, diz trecho do documento enviado para a Câmara de Vereadores e que contém a assinatura de Arnaldo Pereira.

O então presidente da Câmara, Nazareno Carvalho (PSDB), ao receber o PL colocou em tramitação, e depois de discutido, votado e aprovado, ligou para o prefeito em exercício comunicando que já iria devolver a mensagem do empréstimo aprovada e Arnaldo lhe disse que desconhecia a existência do documento e tampouco reconheceu sua assinatura.

De acordo com o vice-prefeito de Amaturá, o maior suspeito de ter cometido a falsificação é o chefe de gabinete do prefeito Corado. A polícia investiga o caso e a possível participação do prefeito no esquema.

O empréstimo fraudulento foi aprovado e quem pagará a conta é o sofrido povo de Amaturá.

Veja o Projeto de Lei:

Veja o Boletim de Ocorrência:


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso