Mulher mata filha de 11 anos a facadas ‘para evitar que ela fizesse sexo’

Rosa Rivera golpeou a filha várias vezes no último domingo (10) dentro de um carro ao perceber que a filha “sorria de modo diferente”, atitude que levou a mãe a pensar que a menina estava vivendo algum relacionamento sexual.
12/03/2019 12h07 - Atualizado em 12/03/2019 12h07
Foto: Reprodução

Um mulher de 28 anos foi presa no condado de Orange (Flórida, EUA), após esfaquear a filha, de 11, a fim de “evitar que ela fizesse sexo com outros homens”, de acordo com informações liberadas pela polícia.

Rosa Rivera golpeou a filha várias vezes no último domingo (10) dentro de um carro ao perceber que a filha “sorria de modo diferente”, atitude que levou a mãe a pensar que a menina estava vivendo algum relacionamento sexual.

A vítima tinha 15 ferimentos – na maior parte, nas costas – segundo reportagem do “Orlando Sentinel”. A menina não resistiu ao ferimentos e morreu.

Testemunhas que ouviram a discussão, disseram que a filha de Rosa negou já ter feito sexo.

Em delegacia, Rosa comentou a policiais que a filha “está agora no paraíso”. Policiais estão investigando se a menina era vítima de abuso sexual.

Fonte: Jornal Extra

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso