Vigilante do Hospital João Lúcio é preso após pegar nas partes íntimas de paciente

A ação foi registrada por câmera de segurança instalada dentro do hospital.
19/03/2019 17h07 - Atualizado em 19/03/2019 17h07

Redação AM POST

A equipe de investigação do 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado Pablo Geovanni, titular da unidade policial, cumpriu na manhã do último sábado (16/3), mandado de prisão preventiva por importunação sexual em nome do vigilante Sergio Ricardo Lobato, 41. A prisão foi efetuada na casa do infrator, situada na rua Tulipas, primeira etapa do bairro Jorge Teixeira, zona leste da capital.

De acordo com o delegado, o crime ocorreu na última quinta-feira (14/3), no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na Zona Leste de Manaus. Segundo o delegado, Sergio trabalhava como vigilante no local e na ocasião teria tocado nas partes íntimas de uma paciente de 23 anos. A ação foi registrada por câmera de segurança instalada dentro do hospital.

“A vítima veio até o 9º DIP para formalizar Boletim de Ocorrência (BO). Após tomar conhecimento da situação, representei à Justiça o pedido de prisão em nome do infrator. A ordem judicial foi expedida ainda no dia 14 de março, pela juíza Careen Aguiar Fernandes, no Plantão Criminal. A partir disso, realizamos diligências e logramos êxito na prisão do vigilante na casa dele, localizada rua Tulipa, bairro Jorge Teixeira, zona leste da capital”, explicou Geovanni.

Indiciado
Sergio foi indiciado por importunação sexual. Após os procedimentos cabíveis no 9º DIP, o homem foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde deverá permanecer à disposição da Justiça.

*Com informações da Assessoria de Imprensa


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Contato Termos de uso