CPI do BNDES aprova convocação de Marcelo Odebrecht e Ike Batista

A convocação foi solicitada pelo deputado federal do Amazonas, delegado Pablo Oliva, que é membro da CPI. A proposta foi apresentada durante reunião na Câmara dos Deputados e aceita pelos demais integrantes da comissão.
11/04/2019 09h47 - Atualizado em 11/04/2019 09h47

Da Redação

Foi aprovada ontem à noite (10/04), pela CPI do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), a convocação dos empresários Ike Batista e Marcelo Odebrecht para depor na comissão que investiga os contratos do BNDES.

A convocação foi solicitada pelo deputado federal do Amazonas, delegado Pablo Oliva, que é membro da CPI. A proposta foi apresentada durante reunião na Câmara dos Deputados e aceita pelos demais integrantes da comissão.

A CPI vai investigar contratos de obras que tiveram apoio do BNDES entre os anos de 2003 a 2015, período entre os governos dos ex presidentes Lula e Dilma Roussef.

O deputado Pablo Oliva, que é delegado licenciado da Polícia Federal, já atuou em investigações no Amazonas, resultando na prisão de políticos e empresários. Entre as investigações está a operação Maus Caminhos, que resultou na prisão do ex governador do AM, José Melo, acusado de desviar recursos da Saúde Pública.

Os depoimentos dos empresários Marcelo Odebrechet e Ike Batista ainda não têm data definida, mas devem acontecer em breve, pois a CPI tem prazo de investigação de 120 dias.

“Estamos abrindo a caixa preta do BNDES, que esconde segredos envolvendo contratos no Brasil, Venezuela, Cuba e Angola”, afirmou o deputado Pablo. “Quem tiver o rabo preso, é melhor ficar preocupado, pois vamos passar o BNDES a limpo”, prometeu.

Com informações da Assessoria 

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Contato Termos de uso