Omar diz que Paulo Guedes ligou para ele e pediu reunião em Brasília

O senador também disse que se recusou ser porta-voz de Paulo Guedes e vai levar toda a bancada do AM para a reunião e fará o ministro gravar vídeo de retratação.
19/04/2019 16h01 - Atualizado em 20/04/2019 17h11
Foto: Reprodução

Redação AM POST

O senador Omar Aziz (PSD), que é líder da bancada federal do Amazonas, disse que o ministro da Economia, Paulo Guedes, ligou para ele se explicando por declaração polêmica sobre a Zona Franca de Manaus (ZFM) dada em entrevista à Globo News, na noite dessa quarta-feira (17).

As respostas são muito claras: A Zona Franca de Manaus fica do jeito que ela é, ninguém nunca vai mexer com ela. Agora isso quer dizer que eu não vou simplificar impostos no Brasil porque senão… quer dizer, eu tenho que deixar o Brasil bem ferrado, bem desarrumado porque senão não tem vantagem para Manaus?”, disparou Guedes na entrevista.

Em entrevista à Rádio Tiradentes, o senador Omar Aziz (PSD) criticou ontem (18) a fala do ministro e ameaçou atrapalhar a vida do governo federal no Congresso. “Oito votos dos deputados federais e 3 votos dos senadores pouco muda uma composição numa votação da reforma da Previdência. Nós não temos uma bancada de 40, 50 deputados, mas temos hoje as presidências de importantes comissões no Congresso”, disse o senador.

Ligação
De acordo com Omar, o ministro afirmou ter sido pego numa armadilha criada pela jornalista Miriam Leitão e se excedeu. O parlamentar também disse que se recusou ser porta-voz de Paulo Guedes.

“O ministro queria que eu fosse seu porta-voz, eu disse ‘não, ministro, eu não sou seu porta-voz; da mesma forma que o senhor afirmou na Globo News aquilo que pensa sobre a Zona Franca. Se o senhor mudou de opinião, fale o senhor com suas palavras’”, contou Aziz.

Ainda segundo Omar o ministro pediu uma reunião com ele na póxima semana. “Eu disse que vou, mas não irei sozinho, levarei toda da bancada comigo. ‘E o senhor (Paulo Guedes) publicamente, gravando um vídeo, desfaça isto’”, frisou o senador.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso