Ponte provisória é instalada na BR-230 após solicitação de Josué Neto

Desde o último dia 26 de março os moradores das localidades próximas à ponte que desabou estavam fazendo a travessia do trecho via balsa.
16/04/2019 17h37 - Atualizado em 16/04/2019 17h37
Foto: Divulgação

Redação AM POST

Após requerimento do presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM), Josué Neto (PSD), o Departamento Nacional de Infraestrutura (DNIT), concluiu em conjunto com o Exército Brasileiro, a instalação de uma ponte provisório no trecho da BR-230 Transamazônica que interliga os municípios de Manicoré, Apuí e Humaitá. A ponte foi liberada para tráfego no último sábado.

Desde o último dia 26 de março os moradores das localidades próximas à ponte que desabou estavam fazendo a travessia do trecho via balsa e colocando em risco de desabastecimento as cidades. Razão pela qual o presidente da ALEAM solicitou de forma urgência a construção de uma nova ponte e a instalação da ponte provisória.

“O DNIT já nos garantiu que tão logo o período de chuva diminua a construção da nova ponte permanente será iniciada. Esta ponte provisória tem estrutura reforçada para garantir o tráfego de caminhões e assim evitarmos possível desabastecimento de alimentos e até de combustível. Agora é aguardar o nosso verão amazônico e concluir a ponte permanente com material resistente”, afirmou Josué Neto.

A ponte anterior, feita de madeira, desabou no dia 26 de março quando um caminhão carregado de sal a atravessava.

*Com informações da Assessoria de Imprensa


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso