Idosa é levada em maca até banco para provar que está viva e voltar a receber benefício do INSS

A medida, chamada de prova de vida é uma exigência do INSS.
11/05/2019 17h25 - Atualizado em 11/05/2019 17h25
Foto: Reprodução

Redação AM POST

Uma idosa foi levada em uma maca por funcionários de uma empresa de assistência médica até um banco de Rondonópolis (distante 218 km de Cuiabá – MG) para poder provar que está viva e voltar a receber benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

A medida, chamada de prova de vida é uma exigência do INSS. Conforme familiares a idosa já estava há dois meses sem receber o dinheiro. O filho da mulher gravou todo o transtorno que ela precisou passar.

Pelas normas do INSS, uma vez por ano os aposentados e pensionistas precisam ir até a agência com os documentos pessoais para fazer a chamada prova de vida. Mas está prevista também para pessoas com doenças ou dificuldades de locomoção comprovem que precisam continuar recebendo por meio de um procurador, mas que esteja cadastrado no INSS.

O INSS informou que o benefício da senhora do vídeo está ativo, sem nenhuma restrição, e com todos pagamentos feitos. Também disse que a filha da segurada está com a procuração vencida desde setembro do ano passado, mas que a comprovação de vida poderia ser feita pela filha na condição de representante legal, como administradora provisória, até que seja finalizado um processo judicial de curatela.

*Com informações do G1


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

booked.net

Economia

Contato Termos de uso