Advogado que tentou entrar com drogas em presídio de Manaus é solto pela justiça

A droga estava escondida em dois tubos de pomada e foi descoberta durante revista rotineira.
07/06/2019 17h16 - Atualizado em 7/06/2019 17h16

Redação AM POST

O juiz João Marcelo Nogueira Moysés, da 4ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute) concedeu na tarde desta sexta-feira (7), liberdade provisória ao advogado Hinller da Silva Maduro, de 28 anos, que foi preso ao tentar entrar na última quinta-feira (5) com entorpecentes no no Centro de Detenção Provisório Masculino (CDPM 2), localizado no km 8 da BR-174 (Manaus-Boa Vista).

A droga estava escondida em dois tubos de pomada e foi descoberta durante revista rotineira. O advogado teria recebido os medicamentos lacrados da esposa de um dos presos, que seriam visitados por ele.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Contato Termos de uso