Gleisi Hoffmann quer criar CPMI para investigar Moro e Dallagnol

A presidente do PT disse que procuradores e juízes cometeram crimes contra Lula.
12/06/2019 09h04 - Atualizado em 13/06/2019 15h12

Nesta terça-feira (11), a presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), deputada Gleisi Hoffmann, afirmou que a oposição quer criar uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o procurador Deltan Dallagnol. O motivo seriam as conversas vazadas entre os dois a respeito da Lava Jato.

Os diálogos foram revelados pelo The Intercept e apresentam Moro, na época juiz responsável pelos casos da operação, e Dallagnol discutindo ações entre eles. Uma delas foi o caso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com Gleisi, os diálogos comprometem a operação.

“Oposição decidiu hoje pela necessidade de CPMI para apurar as condutas de procuradores e juízes por crimes cometidos contra Lula. Os fatos revelam grave violação à Constituição, comprometendo a imparcialidade e legitimidade da Lava Jato”, ressaltou.

A parlamentar ainda pediu que Moro e os procuradores da Lava Jato sejam afastados de suas funções imediatamente.

“Exigimos imediato afastamento do ministro da Justiça e procuradores da Lava Jato e trabalharemos para convocar Moro e Dallagnol para se explicarem. Manifestamos solidariedade irrestrita a Glenn Greenwald, do The Intercept, e sua família”, destacou.

Fonte: Pleno.News


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Contato Termos de uso