Juiz da Lava Jato determina bloqueio de R$ 78 milhões em bens de Lula

A decisão do magistrado atende a um pedido do Ministério Público Federal.
27/06/2019 09h11 - Atualizado em 27/06/2019 17h39
Foto: Reprodução

O juiz federal Luiz Antonio Bonat, que conduz processos da Lava Jato em primeira instância em Curitiba, ordenou o sequestro de quase R$ 78 milhões em bens do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A decisão do magistrado atende a um pedido do Ministério Público Federal. O processo se refere a uma suposta propina de R$ 12,4 milhões da Odebrecht que Lula teria recebido na formas de dois imóveis.

O montante exato, de R$ 77,9 milhões, não se refere ao total de bens em nome do ex-presidente, mas sim ao valor que o MPF afirma que o PT recebeu de propina através de oito contratos entre a Petrobras e a construtora.

A multa aplicada não atinge os bens deixados pela ex-primeira-dama Maria Letícia Lula da Silva, que morreu em janeiro de 2017.

Fonte: Pleno.News


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

booked.net

Economia

Contato Termos de uso