Mais de R$ 50 mil serão disponibilizados para empreendedores através do Programa Crédito Solidário

Os cheques simbólicos que vão de R$ 1 mil a R$ 2 mil para 26 clientes que foram selecionados e aprovados na terceira edição da ação solidária de cadastramento do programa.
06/06/2019 12h19 - Atualizado em 6/06/2019 12h19

Redação AM POST

O Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), do Governo do Amazonas, entregará na próxima quarta-feira (12/06), às 8h, no auditório da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), na avenida Constantino Nery, 5.733, bairro Flores, cheques simbólicos que vão de R$ 1 mil a R$ 2 mil para 26 empreendedores que foram selecionados e aprovados na terceira edição da ação solidária de cadastramento do Programa Crédito Solidário.

A captação dos novos proponentes para o programa foi feita por meio de ação social nas sedes do Instituto Restaurar e do Movimento Comunitário Vida e Esperança (MCVE), ambas localizadas no bairro Tarumã, zona oeste de Manaus. A meta era alcançar pessoas já atendidas por essas Organizações da Sociedade Civil (OSC) e a população residente nas adjacências do bairro.

Os 26 proponentes passaram por cadastro de documentação via sistema e receberam visitas técnicas dos assessores do programa que, por meio de diagnóstico, realizaram a constatação da capacidade de desenvolvimento das atividades produtivas declaradas. Dentre as atividades observadas estavam os serviços de beleza, comércio varejista, vendas de comida, artesanato e outros.

Ao todo, R$ 51 mil serão disponibilizados em forma de financiamento aos proponentes, que passam a ser clientes da Afeam. O recurso servirá como capital de giro para fomentar as atividades, impulsionar o mercado de trabalho informal e gerar renda na localidade, objetivando o autossustento das pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social e econômica e que desejam empreender.

Crédito Solidário – O programa atua orientando e desburocratizando o acesso ao crédito aos micro e pequenos empreendedores amazonenses. Possui linhas de financiamento que vão de R$ 200 a R$ 2 mil, possibilitando investimentos seguros para estimular o trabalho, seja formal ou informal.

* Com informações da Assessoria de Imprensa


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Contato Termos de uso