Marcelo Ramos lamenta demissão de Joaquim Levy e é ‘esculachado’ no Twitter

O deputado questionou ‘indiretamente’ o posicionamento de Bolsonaro ao demitir diretor do BNDES e foi atacado pelos internautas.
18/06/2019 07h47 - Atualizado em 19/06/2019 13h00

Redação AM POST

Crítico do governo Jair Bolsonaro (PSL), o presidente da comissão especial da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM), lamentou a demissão de Joaquim Levy do comando do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ocorrida no último domingo (16).

“Existem quadros que não servem a governos ou a partidos, servem ao país. Joaquim Levy, certamente, é um desses quadros. Perde o Brasil”, disse o deputado federal no Twitter.

Nos comentários da publicação o parlamentar foi esculachado. “E existem quadros que deveriam ficar calados trabalhando para aprovar a reforma da previdência de 1 trilhão de reais, mas ficam enchendo o saco e falando bobagem. Não é mesmo, deputado que já foi do partido comunista e do partido socialista?”, rebateu o perfil do site caneta desesquerdizadora.

“Se os membros do Centrão estão reclamando é porque Bolsonaro acertou mais uma vez”, disse um internauta. “Perde a quadrilha mais um infiltrado no Governo. Ganha o Brasil. Perdem os CANALHAS da tua turma”, retrucou outro.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso