Raphael Souza diz que ‘Bandidos na TV’ mostrou o outro lado do caso Wallace

A OAB-AM negou que pedirá exoneração e investigação de delegados responsáveis pelo caso.
04/06/2019 14h29 - Atualizado em 4/06/2019 14h29

Redação AM POST

Raphael Souza, filho do ex-deputado Wallace Souza, elogiou a série documental “Bandidos na TV”, disponível na Netflix desde a última sexta-feira (31), e que recupera o caso de seu pai que foi o rei da televisão no Amazonas com o programa “Canal livre” e acusado de encomendar assassinatos no Estado. Ele esteve em evento da Associação Brasileira de Advogados Criminalistas no Amazonas (Abracrim-AM) e o vídeo de sua fala foi divulgado nas redes sociais.

O material da plataforma de Streaming tenta resolver muitas das peças que ficaram soltas do quebra-cabeça desde que o político morreu em 2010, em consequência de um ataque cardíaco, e os processos penais contra ele foram suspensos.

De acordo Raphael Souza a história de acusação contra seu pai na época foi mostrada pela imprensa de forma distorcida. “O que eu mais, penso hoje sobre isso é a questão que envolve a divulgação dos fatos… Eu acredito que foi bem diferente. Eu acho que as pessoas tem que ter um pouco de cuidado como mostra isso para a sociedade”, disse.

Para o filho de Wallace a série da plataforma de Streaming foi boa porque mostrou a outra versão da história. “Eu não tenho nada contra a imprensa nem contra os meios de comunicação mas eu acredito que esse documentário que foi feito agora pelo Netflix pôde mostrar o outro lado que as pessoas não tiveram acesso na época”, destacou.

Veja vídeo:

OAB
Após divulgação da fala de Raphael Souza em púlpito com emblema da OAB-AM, falando sobre a série surgiram boatos de que o órgão pediria exoneração e investigação de delegados responsáveis pelo caso Wallace Souza.

No entanto a OAB-AM emitiu nota desmentindo que moveria ação contra os delegados. “A OAB-AM esclarece que não há nenhuma providência a respeito de pedido de exoneração de agentes públicos envolvidos no caso Wallace. Sobre o evento que contou com a presença de Raphael Souza, a OAB-AM informa que apenas cedeu espaço físico para a realização da programação cuja iniciativa foi da Abracrim-AM”, diz nota.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Contato Termos de uso