Arthur Neto comenta possível indicação de Eduardo Bolsonaro à embaixada dos EUA: “desnecessário e desgastante”

Segundo o prefeito a indicação seria “algo desnecessário e desgastante” e tiraria o foco do 2º turno da Reforma da Previdência.
12/07/2019 20h55 - Atualizado em 13/07/2019 14h58
Foto: Divulgação

Redação AM POST –

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), que é diplomata de carreira formado pelo Instituto Rio Branco, avaliou como “não acertada” a possibilidade do presidente Jair Bolsonaro (PSL) indicar um dos seus cinco filhos, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), como embaixador do Brasil em Washington.

Bolsonaro anunciou ontem (11) que está no “radar” a indicação do parlamentar para chefiar a embaixada nos Estados Unidos (EUA). O presidente disse que vai esperar o “momento certo” para tomar a decisão.

“A possível indicação do deputado Eduardo Bolsonaro para a embaixada em Washington não me parece acertada. O posto exige um embaixador sênior e esse debate tira o foco do 2º turno da Previdência. Depois teria a sabatina no Senado. Enfim, algo desnecessário e desgastante, a meu ver”, destacou o prefeito em seu perfil no Twitter.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

booked.net

Economia

Contato Termos de uso