Delegado Pablo cobra providencias do MPF após denúncia do uso de dinheiro público para bancar movimento Lula Livre

O deputado também confrontou políticos de esquerda que vão constantemente ao plenário reclamar de mau uso do dinheiro público.
16/07/2019 20h39 - Atualizado em 17/07/2019 18h03
Foto: Reprodução

Redação AM POST –

O deputado federal, Delegado Pablo (PSL), repercutiu no plenário da Câmara nesta terça-feira (16) reportagem da revista Isto É, escrita pelo Jornalista Wilson Lima, que denuncia o uso de dinheiro público para bancar o movimento Lula Livre.

De acordo com a matéria, documentos obtidos pela ISTOÉ comprovam que a mobilização petista iniciada em abril do ano passado em favor da libertação do ex-presidente Lula (PT) é paga com recursos do Fundo Partidário e valores podem chegar a R$ 1 milhão.

O dinheiro da União foi usado pelo partido na compra de passagens aéreas, diárias de hotéis e alimentação para os petistas irem a Curitiba pedir a soltura do ex-presidente, no pagamento de locação de veículos, no aluguel de salas para reuniões e, até mesmo, no custeio do trabalho de seguranças privados em atos registrados em favor do “Lula Livre”.

Baseado nesses dados o Delegado Pablo confrontou políticos de esquerda que vão constantemente ao plenário reclamar de mau uso do dinheiro público.

“Eu venho todos os dias aqui ver parlamentares da esquerda falar em mau uso do dinheiro público. E esse é o famoso faça o que eu digo mas não faça o que eu faço. Tenho verba partidária para gastar em finalidades do partido previstas em lei esse dinheiro não é usado assim. É usado para acompanhar uma dita campanha feita a partir da vontade dos correligionários da esquerda de que o ex-presidente fique livre. Tudo falácia. Na verdade o que temos aqui é gasto do dinheiro público indiscriminado com benefício de pessoas que não deveriam estar lá”, disparou.

Além de comentar a denúncia o deputado também pediu que o Ministério Público Federal (MPF) tome providencias nesse caso e responsabilize as pessoas que utilizaram o dinheiro “de maneira desleal com os brasileiros”.

Leia a reportagem na íntegra AQUI

Confiram pronunciamento do deputado:

DINHEIRO PÚBLICO BANCA O MOVIMENTO LULA LIVRE.

A FARSA DO #LulaLivre estampou a capa da Revista IstoÉ dessa semana. E para quem duvidou, há 10 MIL PÁGINAS DE PLANILHAS DE GASTOS ILEGAIS DO FUNDO PARTIDÁRIO comprovando tudo. Há desde passagens, hospedagens, carros executivos, buffets e coffee-break, e até SEGURANÇA PRIVADA contratada para garantir a segurança da turma nas manifestações. Assim fica muito fácil! Gastando o dinheiro do povo, qualquer um faz militância, balbúrdia e vigília pra PRESIDIÁRIO na porta da PF. Espere até chegarmos ao núcleo da CPI do BNDES.Link para a matéria: https://istoe.com.br/dinheiro-publico-banca-o-lula-livre/ #DelegadoPABLO #AMIGOdoAMAZONAS #CPIdoBNDES #ChegaDeCorrupção #PolíciaFederal #OrgulhoNacional #Transparência #PSL #Manaus #Amazonas #Brasil

Posted by Delegado Pablo on Tuesday, July 16, 2019


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso