Resultado de perícia em celular de ex-prefeito é cobrado por Amazonino em ação contra Wilson Lima

O limite para encerramento do processo é até outubro de 2019 e a defesa do ex-governador quer saber em que estágio anda a perícia.
13/07/2019 20h32 - Atualizado em 14/07/2019 13h11
Foto: Reprodução

Redação AM POST –

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) foi cobrado pelo advogado Yuri Dantas Barroso, que compõe a defesa do ex-governador, Amazonino Mendes (PDT), por informações a repeito da perícia no celular do ex-prefeito de Nhamundá, Mário Paulain, acusado de comprar votos para o governador Wilson Lima (PSC).

O aparelho foi encaminhado à Polícia Federal para perícia em dezembro do ano passado e o questionamento feito por meio de requerimento protocolizado pelo advogado de Amazonino é porque após seis meses não se tem informações sobre a conclusão do procedimento nem em que estágio está.

Conforme pontou a defesa do ex-governador no documento, o art. 97-A da Lei nº 9.504/971 “prevê o prazo de um
ano para o encerramento dos feitos eleitorais dos quais possa resultar perda de mandato eletivo”. Isso significa que o limite para encerramento do processo é até outubro de 2019.

Yuri Dantas também destacou no requerimento que o relator do processo, desembargador Abraham Campos Peixoto, solicitou manifestação da PF sobre o prazo em 20 de fevereiro deste ano e até agora teve retorno.

O caso
O ex-prefeito foi preso em flagrante no primeiro turno das eleições, por suspeita de compra de votos, ele foi flagrado pela polícia em uma quarto de hotel com uma quantia em dinheiro além de vários santinhos de candidatos ligado ao atual governador.

O objetivo da perícia é verificar se há ligação de Mário Paulain com a campanha do governador eleito. Segundo Yuri Dantas a instrução no processo só começa quando o procedimento no aparelho for concluído.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

booked.net

Economia

Contato Termos de uso