Wilson Lima anuncia ações de combate à violência e às drogas nas escolas estaduais de Iranduba

O governador também anunciou a recuperação e revitalização das seis escolas estaduais do município por meio da Seduc-AM.
18/07/2019 19h51 - Atualizado em 18/07/2019 19h51
Foto: Divulgação

Redação AM POST –

O governador Wilson Lima lançou, nesta quinta-feira (18/07), em Iranduba, o programa “Educação com Segurança”, que tem como objetivo prevenir a violência no ambiente escolar e combater, com mais eficiência, o tráfico e consumo de drogas no ambiente estudantil. O projeto é resultado de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM) e a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), com a participação da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e vai ser implantado nas seis escolas estaduais do município alcançando 5,8 mil alunos.

O lançamento aconteceu no Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Professora Maria Izabel Desterro e Silva, durante a formatura de 150 alunos que participaram da implantação do piloto do projeto. Os alunos receberam a medalha de honra do governador pela conclusão do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd).

“Disseram que há um tempo atrás a coisa estava bem complicada, estava bem difícil, e, quem conheceu a escola há tempos atrás, quando entra aqui hoje não reconhece, porque as coisas mudaram e elas mudaram para melhor. Esse é o compromisso que nós temos com o estado do Amazonas, e o programa que foi implantado aqui no município de Iranduba, nessa escola de tempo integral, é um programa piloto, que queremos ampliar. Faz parte do nosso compromisso de fazer essa aproximação e essa interligação entre todas as secretarias do Governo”, afirmou o Wilson Lima, durante a solenidade.

De acordo com os secretários da Seduc-AM, Luiz Castro, e da SSP-AM, coronel Louismar Bonates, a primeira fase do programa reúne, pela primeira vez de forma integrada, cinco projetos: Escola Cívica e Cidadã, o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), o Sistema de Vigilância nas Escolas (Seivam), Ronda Escolar e as ações de Prevenção à Violência com a Coordenação de Atenção Psicossocial Escolar.

O município foi escolhido para receber o projeto após uma reunião dos secretários com a comunidade, onde foi apresentada a demanda por conta dos registros de violência dentro e fora das escolas. “Percebemos que a falta de segurança das escolas do Iranduba era muito grande. E nós queremos nossos professores e professoras livres, com segurança, os nossos alunos estudando, os nossos professores ensinando, os nossos gestoras dirigindo as escolas com tranquilidade e com firmeza. E agora nós marcamos esse reencontro desse Ceti com a verdadeira educação, a escola com maior ordem, organização, disciplina, e com certeza vai melhorar a qualidade da educação aqui”, afirmou o secretário Luiz Castro.

Programa – A agricultora Valcirene Freitas Ferreira foi assistir a formatura do filho, Ernaldo, de 15 anos, que foi um dos alunos a receber medalha pela conclusão da primeira fase do programa.

“Ele chegou falando que tinha vindo umas pessoas representando esse projeto, eu achei muito bom, participei da reunião, gostei, todos os alunos ficaram encantados com esse projeto porque ele é um projeto muito bom, as crianças mudam em casa, muda na escola, o comportamento deles mudou totalmente, porque era uma escola bagunçada, hoje em dia você chega, já está tudo organizado. Eu achei maravilhoso e eu espero que tenha mudanças melhores pra gente”, afirmou.

O projeto “Educação com Segurança” vai ser implantado em todas as seis escolas da rede estadual de Iranduba. Posteriormente, serão avaliados os resultados para ampliação em outros municípios do interior. Cerca de 5,8 mil estudantes e 390 professores e profissionais da educação serão assistidos com as ações.

Revitalização – Durante a solenidade, o governador Wilson Lima também anunciou a revitalização de todas as escolas de Iranduba como uma medida para melhorar a qualidade do ensino. “A segurança é um fator que ajuda a melhorar a qualidade do ensino e isso vai se somar às melhorias estruturais que vamos promover aqui. Já melhoramos a merenda e também o transporte. São medidas necessárias para cuidar do futuro dos nossos jovens”, destacou.

*Com informações da Assessoria de Imprensa


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso