Câmara de Eirunepé arquiva pedido de cassação do vereador Walter Cuiú, acusado de estupro

Ele teria mantido relações com uma jovem supostamente dopada num motel da capital amazonense.

Redação AM POST

A Câmara Municipal de Eirunepé (a 1.160 quilômetros de Manaus) decidiu arquivar nesta terça-feira (13/08), o pedido de cassação que pesava contra o vereador Walter Alexandre de Menezes (PSDB), mais conhecido como Walter Cuiú, suspeito de ter cometido um estupro na capital.

O pedido de cassação foi feito pela presidente da Comissão da Mulher, das Famílias e do Idoso da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB).

O caso “Walter Cuiú”, veio à tona no mês de abril. Ele teria mantido relações com uma jovem supostamente dopada num motel da capital amazonense. O vídeo vazou num grupo de Whatsapp e chegou à imprensa, dominando posteriormente o noticiário local e nacional.

Para que fosse cassado o parlamentar precisaria de pelo menos nove votos na Câmara Municipal. Apenas o vereador Antilde José Gomes (MDB) votou a favor da perda de mandato de “Walter Cuiú”.