Floresta não está pegando fogo, mas sim as áreas desmatadas, afirma Bolsonaro

Para o presidente do Brasil, a situação está se encaminhando para a “normalidade”.
24/08/2019 17h46 - Atualizado em 24/08/2019 17h46

Foto: Reprodução


Redação AM POST –

O presidente Jair Bolsonaro disse neste sábado (24) que não é a floresta amazônica que está pegando fogo, mas sim as áreas desmatadas. O chefe do executivo federal falou com jornalistas na saída da residência oficial do Palácio da Alvorada.

Bolsonaro comentou as queimadas na região da Amazônia, que nos últimos dias geraram críticas no Brasil e no exterior sobre a atuação do governo em relação ao meio ambiente.

Para o presidente do Brasil, a situação está se encaminhando para a “normalidade”. “A média das queimadas está abaixo dos últimos anos. Está indo para a normalidade, essa questão […] As unidades nossas já estão começando a trabalhar na região. Agora, a floresta não está pegando fogo como o pessoal está dizendo. O fogo é onde o pessoal desmata”, afirmou o presidente.

Ontem (23), Bolsonaro autorizou emprego de homens das Forças Armadas para atuar no combate ao fogo na região. Para que a medida comece a valer, os governadores dos estados da Amazônia precisam formalizar o pedido. Até o início da tarde deste sábado, Roraima, Rondônia, Tocantins, Pará, Acre e Mato Grosso já haviam aceitado a ajuda federal.

O presidente disse que o governo deve liberar cerca de R$ 40 milhões para ações contra as queimadas. Para ele, o valor é baixo e lhe dá “até vergonha de falar”. Bolsonaro afirmou que parte dos incêndios é espontânea e, outra parte, “pelo que parece, são [incêndios] criminosos”. Em pronunciamento de rádio e TV nesta sexta ele disse que terá “tolerância zero” com crimes ambientais.

*Com informações do G1


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso