Prefeito Adail Filho ficou 284 dias fora de Coari no primeiro ano de mandato, diz Câmera Rercord

O programa mostrou que Adail Filho, ganha ajuda de custo para viagens dentro e fora do Amazonas e ao todo em 2017 ele recebeu cerca de R$292 mil.
12/08/2019 16h19 - Atualizado em 13/08/2019 13h50

Foto: Reprodução


Redação AM POST –

O prefeito de Coari, Adail Filho, não fica muito tempo no município, distante 362.44 quilômetro de Manaus, e ganha ajuda de custo para viagens dentro e fora do Amazonas. Conforme levantamento do Ministério Público do Amazonas (MPE) só em 2017, primeiro ano dele a frente do executivo municipal, Adail ficou 284 dias fora da cidade, o equivalente a quase nove meses do ano.

A informação foi divulgada em reportagem especial do programa Câmara Record, da TV Record na noite deste domingo (11), que também falou de esquema de corrupção que retirou milhões dos cofres públicos da cidade que é rica em petróleo.

De acordo com a reportagem, fevereiro de 2017 foi o mês em que o prefeito esteve mais presente no município naquele ano, cerca de 15 dias. Nos meses de outubro, novembro e dezembro, ele só bateu ponto um único dia.

O Câmara Record informou ainda que o prefeito ganha uma ajuda de custo no valor de R$1,5 mil para viagens dentro do Amazonas e R$2 mil para ir para fora do Estado. No ano de 2017, somente com essas diárias, Adail Filho teria recebido ao todo R$292,600 mil.

Questionado pela reportagem do programa sobre suas ausências naquele ano, o prefeito afirmou que não contabiliza suas faltas mas sempre retorna das viagens com boas notícias.

“Eu não tenho contado meus dias mas afirmou que todas as vezes que viajo retorno com boas notícias para o município de Coari”, justificou.

Veja vídeo:


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso