Relatório da CPI dos Combustíveis é denso e aponta para alinhamento de preços, diz relatora da comissão

O novo limite para a entrega do relatório foi estendido para o dia 20 de agosto.
05/08/2019 19h21 - Atualizado em 6/08/2019 13h02
Foto: Divulgação

Redação AM POST

O relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) que investiga o mercado de combustíveis no Amazonas, está pronto e aponta para alinhamento de preços, conforme adiantou a deputada Alessandra Campêlo (MDB). No entanto, o documento não foi divulgado nesta segunda-feira (5) porque a comissão resolveu estender o prazo de trabalho que se encerrou no sábado (3) após o entendimento dos membros sobre as atividades durante o recesso parlamentar. O novo limite para a entrega vai até o dia 20 de agosto.

A informação foi divulgada durante entrevista coletiva nesta tarde após a reunião entre os cinco integrantes da comissão: as deputadas Joana Darc (PL), Presidente da Comissão, Alessandra Campêlo (MDB), Relatora, deputado Álvaro Campelo (Progressistas), propositor da CPI, e os membros titulares, deputados Fausto Júnior (PV), e Roberto Cidade (PV).

De acordo com Alessandra Campêlo, que foi quem fez o relatório, ele está denso e se baseia muito em dados colhidos tecnicamente. “O relatório é muito denso e ele aponta, obviamente, para o alinhamento de preços, mais detalhes vocês saberão no dia 20”, disse a parlamentar que também ressaltou que o novo prazo vai servir para aprofundar detalhes das investigações e reforçar os últimos ajustes.

Segundo a relatora da comissão o alinhamento de preços pode até ser lícito mas ele se torna cartel quando a prática vira um acordo entre empresas concorrentes.

“O alinhamento de preço é uma prática que pode ocorrer no mercado normalmente. Quando ela é criminosa? Quando é combinada”, explicou Alessandra.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso