Renan Calheiros chama Lava Jato de ‘Sindicato do crime’

O senador, investigado pela Justiça, voltou a criticar a operação.
14/08/2019 11h09 - Atualizado em 14/08/2019 18h05
Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (13), o senador Renan Calheiros (MDB-AL), em discurso à tribuna do Senado, mais uma vez criticou a Operação Lava Jato em sua fala que durou cerca de cinco minutos.

– Não se tratam apenas de convicções míopes, mas de uma overdose de transgressões. Um sindicado clandestino do crime encabeçado por agentes públicos (…) Prefiro sempre a prevalência das leis sobre as pessoas. A lógica monarquista não adianta. Eu sou a lei, eu sou o Estado, ela foi sepultada depois de revelar farsantes – disse Calheiros.

O senador é alvo da Lava-Jato em uma investigação que apura a formação de uma quadrilha para fraudar a Petrobras. Ele também é investigado no Supremo Tribunal Federal.

Fonte: Pleno.News


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso