Deputado Bruno Souza é agredido por manifestantes do “Lula Livre”

O parlamentar afirmou que a agressão foi motivada após ele se recusar a assinar uma petição favorável a liberdade do ex-presidente.
12/09/2019 11h05 - Atualizado em 12/09/2019 18h04

Foto: Reprodução


O deputado estadual Bruno Souza (PSB-SC) foi agredido na última quarta-feira (11) por manifestantes que pediam a libertação do ex-presidente Lula. O ato ocorreu em frente a Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

O parlamentar registrou um Boletim de Ocorrência e denunciou o ato violento na Assembleia Legislativa. Souza e seu assessor afirmaram que a agressão foi feita após os dois se recusarem a assinar uma petição favorável a liberdade do ex-presidente.

– Sou um liberal, defendo o capitalismo, a plena liberdade de expressão, enquanto as esquerdas optam pela violência, preferem o paredão – declarou o parlamentar em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

Confira o vídeo:

Fonte: Pleno.News


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso