Pastor que lutava contra depressão comete suicídio

“Amar a Jesus nem sempre cura pensamentos suicidas”, desabafou Jarrid Wilson antes de tirar a própria vida.
12/09/2019 13h05 - Atualizado em 13/09/2019 15h49

Foto: Reprodução


Redação AM POST*

O pastor norte-americano Jarrid Wilson, de 30 anos, cometeu suicídio na noite dessa segunda-feira (9). O religioso atuava há 18 meses como conselheiro de saúde mental na Harvest Christian Fellowship, na Califórnia (EUA) e lutava contra a depressão e pensamentos suicidas.

Jarrid Wilson desabafou no Twitter sobre sua situação no dia do ocorrido. “Amar a Jesus nem sempre cura pensamentos suicidas. Amar a Jesus nem sempre cura a depressão. Amar a Jesus nem sempre cura o Transtorno de Estresse Pós-Traumático. Amar a Jesus nem sempre cura a ansiedade. Mas isso não significa que Jesus não nos oferece companhia e consolo. Ele sempre faz isso”, afirmou.

Jarrid deixa a mulher, Julianne Wilson, e os filhos, Finch e Denham. Pelo Instagram, Julianne postou um vídeo do marido brincando com o filho e externou a dor da perda. “Sinto sua falta além do que meu coração pode suportar. Obrigado por amar nossos meninos e a mim com a maior paixão e altruísmo que já vi ou senti em toda a minha vida. Eu faria qualquer coisa por um abraço seu agora. Os meninos e eu sentimos tanto a sua falta. Eu também te amo. Muito mais do que você jamais poderia saber. Gostaria de poder dizer isso agora. Todos nós gostaríamos”, escreveu.

https://www.instagram.com/itsjuliwilson/?utm_source=ig_embed

O Cantor e Pastor André Valadão escreveu um texto nas redes sociais para lamentar o ocorrido e questionou como um pastor bem sucedido, líder de saúde mental de uma mega igreja, com uma vida tão realizada, estava tão triste e ninguém observou.

“Mais um suicídio. Um pastor. Uma voz. Um líder. Um pai. Um homem que vivia para levar as boas novas do evangelho. Essa madrugada foi triste pra mim, pesada e questionável em tantos aspectos. Não temos respostas, não temos soluções, temos em nossa maior parte teorias e pouca prática!”, lamentou.

“A pergunta não deve ser: “o que leva um Pr. bem sucedido, com uma família linda, filhos lindos, pastoreando uma MEGA IGREJA, uma mulher linda tirar sua própria vida?” A pergunta deve ser: “Onde eu estava!? Porque não estamos vendo ou agindo quando diante de nós, ao nosso lado muitos estão pensando em se matar, mutilarem-se e apenas sobrevivem dia a dia. Onde eu errei? Onde temos errado em nossa caminhada cristã que não vemos a AGONIA do próximo?!!” 😭😭😭 não tenho palavras. Tenho um clamor em meu coração, vamos todos perceber, ajudar, ouvir mais e falar menos, tocar mais e ser mais “REAIS” e menos “virtuais”… Um dia muito triste. Muito”, completou André.

https://www.instagram.com/p/B2RnGBiBjFy/


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso