Seguranças de supermercado chicoteiam adolescente pelado por furtar chocolate; vídeo circula na internet

O jovem disse à polícia que a tortura durou cerca de 40 minutos e que ele foi, inclusive, ameaçado de morte.
03/09/2019 16h26 - Atualizado em 3/09/2019 16h26

Foto: Reprodução


Um vídeo que circula na internet mostra dois seguranças de um supermercado em São Paulo chicoteando um adolescente. Nas imagens. o menor aparece nu, com as mãos amarradas e boca amordaçada. O jovem disse à polícia que a tortura durou cerca de 40 minutos e que ele foi, inclusive, ameaçado de morte. A vítima também afirmou que foi a terceira agressão sofrida pelos mesmos seguranças.

“Eu fui pegar um chocolate. Aí, eles me pegaram, me levaram no quartinho e me deram uma pá de chicotada. Aí eles falaram que se eu falasse pra alguém iam me matar ainda, me ameaçaram de morte. Muita maldade isso daí” conta o adolescente, que acrescenta não ter prestado queixa na época por não saber se o caso foi testemunhado.

Ele prestou depoimento ao 80º Distrito Policial, da Villa Joaniza, no Sul de São Paulo, após o vídeo cair na internet e virar alvo de inquérito policial. O gerente do mercado afirmou que o estabelecimento repudia o ocorrido e que os seguranças, que foram identificados como ‘Neto’ e ‘Santos’, estão afastados.

“A empresa repugna esta atitude e foi com indignação que tomou conhecimento dos fatos por intermédio da reportagem. Que a empresa não coaduna com nenhum tipo de ilegalidade e colaborará com as autoridades competentes envolvidas na apuração do caso, a fim de tomar as providências cabíveis”, diz o texto publicado pela assessoria do mercado.

O caso foi registrado como tortura na segunda-feira pela pelo delegado Pedro Luiz de Sousa, do 80º Distrito Policial, segundo informações da Secretaria da Segurança Pública.

Fonte: Jornal O Dia


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso