Uso do cartão eletrônico vai oferecer mais comodidade e segurança nos ônibus

A sistematização do pagamento do valor da passagem de ônibus irá dar mais transparência no fluxo de receitas das empresas.
20/09/2019 18h47 - Atualizado em 20/09/2019 18h56

Foto: Altemar Alcântara / Semcom


Redação AM POST*

Dentro de 60 dias, o uso do cartão eletrônico Passa Fácil no pagamento das passagens de ônibus do transporte coletivo público será ampliado. A medida foi decretada pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, em continuação à intervenção financeira no sistema, que começou em julho deste ano. “Os empresários não pegam mais em dinheiro. Eu avisei a eles que não tentassem boicotar a intervenção. Vamos assumir a gestão de todos os recursos e, repito, nossa meta é entregar um sistema equilibrado para a população”, afirmou o prefeito.

Ainda conforme especificado no decreto, a sistematização do pagamento do valor da passagem de ônibus irá dar mais transparência no fluxo de receitas das empresas. A medida também atende ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) 02/2019, firmado entre a Prefeitura de Manaus e o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM).

Inicialmente, a Prefeitura de Manaus havia bloqueado os recursos, para conta específica do município, provenientes do Sistema de Bilhetagem Eletrônica (SBE), que representa 60% do total arrecadado pelos empresários. A partir de agora, com o Decreto 4.587, publicado na edição 4.684, do Diário Oficial do Município (DOM), a proposta é a ampliação desse controle por meio da bilhetagem eletrônica.

“Nossa prioridade é garantir o funcionamento do sistema e deixá-lo livre de chantagens. Ao mesmo tempo, vamos ampliar os postos de vendas de crédito para o cartão eletrônico, para que a população não encontre dificuldades em usar o cartão. Retirando o pagamento em dinheiro dos coletivos, também vamos proporcionar mais segurança aos usuários e trabalhadores, contribuindo para reduzir o número de assaltos nos coletivos”, disse o prefeito, garantindo que o grupo interventor tomará todas as medidas necessárias para que a população não seja prejudicada, assegurando a ampla oferta dos postos de venda do Passa Fácil. Além disso, a prefeitura deve fazer uma ampla campanha publicitária, para estimular os usuários do transporte coletivo a aderirem ao cartão eletrônico.

Em entrevista coletiva, concedida nesta sexta-feira, 20/9, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Manaus (STTRM), Givancir Oliveira, disse confiar nas medidas propostas pela intervenção e tranquilizou os cobradores quanto à permanência dos mesmos nos postos de trabalho.

“Confiamos bastante nessa administração. O prefeito tem bom senso, tem um espírito enorme e em outros momentos já provou que é parceiro dos rodoviários”, disse Givancir. “O sindicato tem apoiado as medidas feitas para melhorar o transporte coletivo e o prefeito Arthur tem uma história de luta do lado dos rodoviários. As nossas principais conquistas foram ao lado dele”, destacou.

A prefeitura de Manaus garantiu em reunião com a categoria nesta sexta-feira (20) a manutenção do emprego dos cobradores de ônibus após divulgação de decreto que estabelece uso do cartão eletrônico Passa Fácil no pagamento das passagens.

*Com informações da Assessoria de Imprensa


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso