Homem é preso na TV A Crítica, suspeito de envolvimento na morte do engenheiro Flávio Rodrigues

Elielton Magno participou da festa e afirmou na entrevista que todos os presentes na rave consumiram entorpecentes.
03/10/2019 13h55 - Atualizado em 4/10/2019 11h46

Foto: Reprodução


Redação AM POST

A Polícia Civil prendeu Elielton Magno de Menezes Gomes Júnior, nas dependências da TV A Crítica, nesta quinta-feira (03), após ele conceder entrevista ao apresentador da emissora, Sikêra Júnior. O jovem é suspeito de ter envolvimento na morte do engenheiro civil Flávio Rodrigues dos Santos, de 42 anos, que foi encontrado morto em um terreno no Tarumã, zona oeste da capital, após participar de uma festa no no Condomínio Residencial Passaredo, na Ponta Negra, na casa de Alejandro Molina Valeiko, filho da primeira-dama do município de Manaus, Elisabeth Valeiko Ribeiro.

Elieton participou da festa e afirmou na entrevista que todos os presentes na rave consumiram entorpecentes. Ele também confirmou a versão de que dois homens encapuzados entraram na casa de Alejandro. O jovem teria sido agredido com golpes de facas nas costas enquanto o filho da primeira-dama, teria sido golpeado com uma coronhada na cabeça.

O engenheiro foi morto com com seis perfurações, sendo duas nas costas, duas no abdômen e duas na coxa esquerda e que morreu devido a uma anemia aguda, conforme informações do laudo pericial do Instituto Médico Legal (IML).

Medo
O suspeito também disse ao apresentador durante entrevista que teme pela vida dele e de seus parentes. “Tenho medo que aconteça alguma coisa com a minha esposa, com a minha filha, comigo. Medo que aconteça algo com a minha família, pois geralmente é isso o que acontece”, declarou.

Ele também relatou que já perdeu cerca de 5kg esta semana porque não está conseguindo dormir, nem comer e vive à base de calmante. O homem afirmou ainda que não tem nada a ver com o crime e não sabe quem matou o engenheiro Flávio.

Veja o momento da prisão:


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso