Plínio Valério diz que tem recebido denúncias do país inteiro sobre a atuação de ONGs

Com apoio de 30 senadores, ele pediu mais uma vez a instalação de uma CPI para investigar as Ongs que atuam na Amazônia.
22/10/2019 20h45 - Atualizado em 22/10/2019 20h45

Foto: Agência Senado


Redação AM POST

O senador Plínio Valério (PSDB-AM), disse que pediu mais uma vez a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a atuação de organizações não governamentais (Ongs) que atuam na Amazônia. Requerimento para instaurar a CPI já tem a assinatura de 30 senadores.

De acordo com Plínio denúncias do país inteiro, sobre a atuação dessas organizações, tem chegado até ele. A liberação de recursos públicos para ONGs e para organizações da sociedade civil de interesse público ( OSCIPs), e o destino de recursos do Fundo Amazônia são alguns dos alvos da CPI. Além disso a Comissão também visa apurar as causas da ampliação dos índices do desmatamento nos nove Estados da Amazônia Legal de janeiro de 2018 a agosto de 2019 e o aumento das queimadas na região.

O parlamentar também destaca que o objetivo da comissão não é demonizar nenhuma dessas organizações. “O objetivo da CPI não é estigmatizar nem demonizar ONG alguma, mas simplesmente desmascarar as que utilizam o apelo sentimental da Amazônia para angariar recursos e distribuí-lo entre si”, disse.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso