Tribunal de Justiça da França condena Paulo Maluf e família por lavagem de dinheiro

O progressista lavou dinheiro, no valor de 7 milhões de dólares em bancos franceses, de recursos desviados entre 1996 e 2003.
09/10/2019 10h31 - Atualizado em 9/10/2019 10h31

Foto: Reprodução


Pleno.News

Na França, Paulo Maluf perdeu o último recurso na Justiça por lavagem de dinheiro. A Corte do país determinou que ele e seu filho, Flávio, paguem uma multa de 200 mil euros e sejam presos por três anos. Já a sua esposa, Sylvia, terá que pagar 200 mil euros e ser presa por dois anos.

A condenação é por causa de lavagem de dinheiro no valor de 7 milhões de dólares em bancos franceses. A origem da quantia seria de desvios de recursos públicos entre 1996 e 2003, quando ele era prefeito de São Paulo.

Maluf jamais compareceu a presença dos juízes franceses, embora o processo exista há mais de dez anos. A França chegou a enviar procuradores ao Brasil para ouvir o ex-prefeito, mas sem sucesso.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso