Bolsonaro fala sobre soltura de Lula: “Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa”

O presidente só se pronunciou sobre o assunto na manhã deste sábado (9) em postagem no Twitter.
09/11/2019 10h32 - Atualizado em 9/11/2019 15h32

Foto: Agência Brasil


Redação AM POST*

O presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) chamou o ex-presidente Lula (PT), que saiu ontem (8) da prisão, de “canalha” que está “carregado de culpa”. Bolsonaro só se pronunciou sobre o assunto na manhã deste sábado (9) em postagem no Twitter.

“Amantes da liberdade e do bem, somos a maioria. Não podemos cometer erros. Sem um norte e um comando, mesmo a melhor tropa, se torna num bando que atira para todos os lados, inclusive nos amigos. Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa”, escreveu no Twitter.

Bolsonaro também postou um vídeo em que exaltou o trabalho do ministro da Justiça, Sérgio Moro, quando este ainda era juiz. “Ele estava cumprindo com a sua missão. Se essa missão não fosse bem cumprida, eu também não estaria aqui. Parte do que acontece na política do Brasil, devemos a Sérgio Moro. Se formos comparar com uma corrente, talvez o elo mais forte dessa corrente”, disse.

A liberdade do petista foi proferida pelo juiz Danilo Pereira Júnior, após a defesa de Lula pedir a libertação dele com base na decisão proferida na quinta-feira (7) pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que derrubou a validade da execução provisória de condenações criminais, conhecida como prisão após a segunda instância.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso