Internet critica decisão do STF: “Vergonha Nacional”

Supremo proibiu a prisão após a condenação em segunda instância. A decisão pode beneficiar o ex-presidente Lula, que está preso em Curitiba.
08/11/2019 08h05 - Atualizado em 8/11/2019 18h27

Foto: Reprodução


Após o Supremo Tribunal Federal (STF) votar contra a possibilidade de se prender condenados após a segunda instância, usuários de redes sociais se uniram para protestar contra a Corte. No twitter, a tag #STFVergonhaNacional chegou aos assuntos mais comentados na noite desta quinta-feira (7).

Por 6 votos a 5, o Supremo mudou entendimento atual e barrou a prisão antes do trânsito em julgado. Votaram contra a medida os ministros Marco Aurélio Mello, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Celso de Mello e o presidente do STF, Dias Toffoli.

Usuários de redes sociais criticaram a medida e os ministros que votaram a pela proibição.

Pleno.News


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso