Militantes petistas choram na Vigília Lula Livre ao saberem da decisão do STF e já esperam soltura do ex-presidente

Os apoiadores de Lula iniciaram a comemoração pela possível soltura.
07/11/2019 22h36 - Atualizado em 7/11/2019 22h39

Foto: Reprodução


O resultado do julgamento sobre as prisões em segunda instância no Supremo Tribunal Federal (STF) foi recebido com alívio e choro por militantes que frequentam a Vigília Lula Livre, em Curitiba (PR). No espaço, localizado em frente à sede da Polícia Federal, em Curitiba, cerca de 20 apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) acompanharam a sessão da Suprema Corte e iniciaram a comemoração pela possível soltura dele assim que fim do julgamento foi proclamado.

A decisão tem potencial de beneficiar cerca de cinco mil presos, segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), incluindo o mais célebre deles, o ex-presidente, preso desde abril de 2018 pelo caso do tríplex de Guarujá (SP). O Brasil tem, no total, aproximadamente 800 mil presos.

Na vigília, os presentes se aglomeravam no entorno de telefones celulares para assistir ao vivo à sessão do STF transmitida via internet. Dois advogados da defesa do ex-presidente, Manoel Caetano e Luiz Carlos Rocha, estiveram com os militantes durante o julgamento e tiraram algumas dúvidas sobre a sessão enquanto ela ainda ocorria.

Assim que o presidente do STF, Dias Toffoli, encerrou o julgamento, a comemoração pelo resultado começou. Os militantes se reuniram e avisaram aos gritos a decisão do Supremo ao ex-presidente, que neste momento já estava sozinho em sua cela Superintendência da PF.

Fonte: UOL


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso