Vacina Pentavalente será disponibilizada nas unidades de saúde de horário ampliado

A nova estratégia está sendo adotada considerando a redução no número de doses da vacina que o Ministério da Saúde tem enviado ao município nos últimos meses.
02/12/2019 18h34 - Atualizado em 3/12/2019 12h38

Foto: Reprodução


Redação AM POST
 
A Prefeitura de Manaus informa que a partir de quarta-feira, 4/12, a vacina pentavalente será disponibilizada exclusivamente nas dez unidades de saúde, coordenadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que funcionam em horário ampliado.
 
A nova estratégia está sendo adotada considerando a redução no número de doses da vacina que o Ministério da Saúde tem enviado ao município nos últimos meses. Enquanto a média mensal normal do abastecimento é de 20 mil doses, o último lote foi de apenas três mil doses.
 
A vacina pentavalente garante a proteção contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e contra a bactéria haemophilus influenza tipo b, responsável por infecções no nariz, meninge e na garganta.
 
Concentrando a oferta do serviço nas dez unidades de saúde de horário ampliado e não em todas as 183 salas de vacina como é feito normalmente, a intenção da Prefeitura de Manaus é garantir que a população saiba onde poderá acessar o serviço com mais facilidade.
 
“Se houvesse a distribuição normal em todas as salas de vacina, o estoque em algumas UBSs iria terminar muito rapidamente e o paciente precisaria gastar tempo procurando outras unidades de saúde para ter acesso ao serviço. Com a nova estratégia, a população terá a informação correta sobre os locais de oferta do serviço com mais certeza de encontrar a vacina”, explicou a diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae/Semsa), Marinélia Ferreira.
 
O responsável pelo abastecimento da vacina pentavalente é o Ministério da Saúde, porém o mesmo tem sido feito de forma irregular, em todo o Brasil, desde o mês de julho.
 
A vacina é adquirida por intermédio da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e os lotes adquiridos foram reprovados em testes de qualidade feitos pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) e análise da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), segundo informações repassadas pelo Ministério da Saúde. Por este motivo, as compras com o antigo fornecedor, a indiana Biologicals E. Limited, foram interrompidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que pré-qualifica os laboratórios.
 
O sistema de vigilância em saúde do ministério monitora continuamente os estoques de vacinas, investiga o quantitativo distribuído aos estados e planeja, reabastecimento dos estoques de rotina, extrarotina e emergência.
 
Endereços
 
As dez Unidades de Saúde que funcionam em horário ampliado em Manaus, de segunda a sexta-feira das 7h às 21h e aos sábados das 8h às 12h, são:
 
Zona Leste
 
UBS Leonor Brilhante – av. Autaz Mirim, 8.004, bairro Tancredo Neves;
UBS Amazonas Palhano – rua Antônio Matias, s/nº, bairro São José;
UBS Alfredo Campos – rua André Araújo, s/nº, Zumbi 2.
 
Zona Norte
 
UBS Augias Gadelha – rua A, 15, Cidade Nova;
UBS Sálvio Belota – rua das Samambaias, s/nº, Santa Etelvina;
UBS Balbina Mestrinho – rua 17, 170, Núcleo 3, Cidade Nova.
 
Zona Oeste
UBS Leonor de Freitas – av. Brasil, s/nº, Compensa;
UBS Deodato M. Leão – av. Presidente Dutra, s/nº, Glória.
 
Zona Sul
UBS Dr. José Rayol – av. Constantino Nery, s/nº, Chapada;
UBS Morro da Liberdade –  rua São Benedito, s/nº, Morro da Liberdade.

* Com informações da Assessoria de Imprensa


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso