06/05/2015 07h36 - Updated 6/05/2015 07h36

Reino Unido pode ser obrigado a fazer racionamento da internet

currently, a internet gasta 8% da energia do Reino Unido.
Photo: reproduction
Photo: reproduction

O Reino Unido pode ser obrigado a fazer um racionamento da internet, após especialistas alertarem que a rede de computadores pode consumir boa parte da energia elétrica do país nos próximos 20 years.

currently, a internet gasta 8% da energia do Reino Unido, com a transmissão e armazenamento de dados, além do uso de smartphones, laptops e televisões. A demanda dobra a cada quatro anos, segundo estimativas.

Andrew Ellis, professor de comunicações ópticas na universidade Aston, afirma que o racionamento do uso de internet ou sobretaxar a internet são medidas a ser consideradas.

O especialista diz que as maiores operadoras de telefonia no país gastam a mesma energia elétrica do que a produção de três usinas nucleares e o aumento da demanda por internet pode consumir toda a energia produzida no país até 2035.

Outro problema é o fato da população local estar perto de ocupar toda a capacidade da rede de cabos do país, com a demanda cada vez maior de sites de streaming de vídeos como YouTube e Netflix. Segundo pesquisadores, os cabos de fibra óptica devem atingir seu limite de tráfego nos próximos oito anos.

“Desde o primeiro modem, a capacidade de conexão está aumentando exponencialmente, dobrando a cada dois anos”, afirma ao jornal Daily Mail o professor Ellis. “Não conseguiremos mais aumentar a capacidade em uma fibra e há sinais de desaceleração desde 2010.”

Ellis afirma que mais cabos deverão ser instalados para que a comunicação melhore no país, mas diz que “é provável que haja algum tipo de administração de demanda. Um jeito é racionar e outro é cobrar ou taxar os provedores.”

“Se não consertarmos isso em 10 years, a internet irá custar mais caro”, afirma o especialista, que irá apresentar um projeto de contenção a Royal Society, instituição oficial que promove o conhecimento científico.

Source: Info

*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.

Latest news

Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505