14/08/2015 12h27 - Updated 14/08/2015 12h29

Governor signs edict to integrate monitoring cameras companies to SSP

Um sistema de alerta criará canal direto com a polícia para táxis e transporte coletivo.
Photo: Herick Pereira / Secom
Photo: Herick Pereira / Secom

O governador José Melo assinou nesta sexta-feira, 14 of August, o edital de chamamento público para credenciar empresas do comércio e da indústria interessadas em integrar imagens de seus circuitos de vigilância privado ao sistema de monitoramento coordenado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). During or event, realizado no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), in the south central area of ​​Manaus, o governador apresentou o projeto-piloto do sistema de alertaAnjo da Guarda”, que cria um canal direto com a polícia para táxis e veículos do transporte coletivo de Manaus, oferecendo acionamento mais rápido em situações de perigo e emergência.

Os novos projetos da segurança pública do Amazonas reforçam e ampliam o sistema de controle e monitoramento de ocorrências na capital, said Jose Melo. Acompanhado do secretário de Segurança Pública, Sergio Fontes, do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Gilberto Gouveia, e do delegado-geral da Polícia Civil, Orlando Amaral, o governador destacou os investimentos no setor e disse que o envolvimento da sociedade nas ações de segurança é fundamental.

“Cada vez que um posto de gasolina, um supermercado, uma clínica aderir a esse sistema estará, In real time, sendo monitorado pelo Centro de Comando e Controle e, se tiver alguma ocorrência, as viaturas da região serão acionadas imediatamente. Isso é fundamental para garantir maior segurança. Todos que possuem câmeras estão convidados”, said the governor, adiantando que estuda estender o modelo às residências no futuro, como já acontece em Nova York, US us.

Com o edital para a adesão dos circuitos das empresas e instituições, a expectativa da SSP-AM é ampliar o sistema de monitoramento na capital. Empreendimentos como postos de combustíveis, associações comerciais, bancos, supermercados e farmácias poderão compartilhar as imagens captadas por seus sistemas com o Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS). As imagens serão monitoradas pela SSP-AM e devem facilitar ações das forças de segurança.

O edital para o compartilhamento dos vídeos de circuitos privados visa ampliar a rede de monitoramento da cidade em vias públicas e com isso criar mais um eixo estratégico de prevenção e combate à violência em parceria com a sociedade. O mapeamento desses circuitos já foi feito pela SSP-AM e aumentará o controle em pontos estratégicos da capital, atuando na prevenção e resposta rápida. A expectativa é que pelo menos mil câmeras sejam incorporadas com a adesão de empresários.

Os parâmetros tecnológicos e os pré-requisitos para as empresas interessadas em aderir estão no edital, que será publicado no Diário Oficial do Estado e, later, disponibilizado para consulta através do site da SSP-AM (www.ssp.am.gov.br). Um dos critérios é que as câmeras capturem imagens externas, em vias públicas. To participate, as empresas terão que habilitar o serviço conforme os parâmetros estabelecidos e assinarão um termo de adesão. A SSP-AM irá disponibilizar um espaço dentro do Ciops para que os parceiros possam fazer o monitoramento dos circuitos.

Segundo o secretário de Segurança Pública, Sergio Fontes, atualmente o sistema de segurança possui cerca de 230 câmeras em diversos pontos da cidade monitoradas no CICC e Ciops. “Chamamos de parceria público-privada porque as empresas irão fornecer as imagens dos circuitos internos, irão fazer o monitoramento junto com o Ciops, e o Sistema de Segurança irá garantir o atendimento das ocorrências”, said.

Anjo da Guarda
O projeto “Anjo da Guarda” consiste em um sistema de alerta que será acionado em casos de situações de emergência, como assaltos. Todo o sistema será gerenciado por um computador instalado no veículo, que após ser acionado emitirá imagens em tempo real para o Ciops, permitindo acompanhamento da localização do veículo por meio de GPS.

O projeto-piloto do sistema de alerta inicialmente atenderá taxistas. A ideia é expandi-lo para outros segmentos privados como consultórios médicos e empresas. O sistema está sendo finalizado por uma empresa incubada com recursos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) do Polo Industrial de Manaus (PIM).

De acordo com o governador, outros projetos de inovação tecnológica na área de segurança pública deverão ser desenvolvidos empregando os recursos de P&D. “É uma forma que o Estado tem de dar mais rapidez ao atendimento policial, uma tentativa de usar o que há de mais moderno em tecnologia. Vamos pegar do Distrito Industrial muitos recursos de P&D para utilizar em novos projetos de segurança, e também na educação”, forward.

O secretário Sérgio Fontes explica que o sistema foi desenvolvido para ser utilizado com internet de baixa qualidade. O sistema não poderá ser visualizado dentro do veículo. As imagens de dentro do veículo poderão ser acompanhadas no painel de vídeos do Ciops em tempo real, mas só ficam disponíveis quando o sistema de alerta é apertado pelo motorista. “Para que tenha eficiência, o sistema será instalado dentro do veículo em um local que não possa ser visto e nem desligado”, said.

A aquisição do sistema será voluntária e os custos de instalação estão sendo levantados. A previsão é que a SSP-AM, em parceria com a empresa incubada, inicie o projeto piloto a partir de setembro, with 45 veículos do transporte público, táxis e transporte especial.

*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.

Latest news

Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505