15/10/2015 11h25 - Updated 15/10/2015 11h25

Nordeste tem a maior taxa de homicídios do país, mostra estudo

Depois do Nordeste com 33,76%, aparece o Norte com 31,09%.
Photo: reproduction
Photo: reproduction

A região com a maior taxa de homicídios dolosos por 100 mil habitantes do país é o Nordeste (33,76), seguida da Região Norte (31,09) e do Centro-Oeste (26,26). As regiões Sudeste e Sul apresentam taxas menores, 16,91 e 14,36, respectively. In the Northeast, o estado com a maior taxa por grupo de 100 mil habitantes é o Ceará, with 46,9 homicide, equivalent to 4.144 deaths, seguido de Sergipe (45 assassinatos por 100 thousand).

The data, from 2014, estão no relatório Diagnóstico dos Homicídios no Brasil: Subsídios para o Pacto Nacional pela Redução de Homicídios, released today (15) pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, the Ministry of Justice.

No estado do Ceará, as maiores taxas de homicídios dolosos são registradas nas cidades de Fortaleza (72,7), Maracanaú (73,7) e Caucaia (65,8), na região metropolitana.

Em números absolutos, o estado que registrou o maior número de assassinatos em 2014 foi a Bahia, with 5.450 (36 by 100 thousand). Then, estão Rio de Janeiro (4.610) and São Paulo (4.294), com taxas de 28 e 9,8 por grupos de 100 thousand. No ranking absoluto, o Ceará aparece em quarto lugar. Santa Catarina, with 587 deaths, registra a menor taxa do país (8,7 homicídios por 100 thousand).

“Para se ter uma noção comparativa no âmbito internacional sobre essa taxa, países com históricos de guerra civil, como o Congo (30,8), e com altas taxas de homicídio associadas ao narcotráfico, como a Colômbia (33,4), possuem taxas menores que as do Nordeste brasileiro”, informa o relatório.

Methodology
De acordo com o Ministério da Justiça, o diagnóstico fez um recorte com 80 counties, localizados nas 26 unidades da Federação e a região administrativa de Ceilândia, no Federal District, somando 81 localidades prioritárias de ação, agregando 22.569 registros de homicídios dolosos em 2014, or represents, approximately, 50% do total de assassinatos registrados no Brasil.

A intenção do ministério é que o estudo sirva de ferramenta de gestão para os estados no enfrentamento da criminalidade, observando as coincidências entre as altas taxas de homicídio e outros problemas sociais, econômicos e culturais. Os dados são do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp) from 2014.

Veja o número de homicídios por unidades da Federação:


Source: Agency Brazil

*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.

Latest news

Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505
enabled | not cached | 903 | SELECT translated, source FROM wp_translations WHERE original = 'true' and lang = 'en' 462 | 0.0001 | enabled | not cached | 1011 | SELECT translated, source FROM wp_translations WHERE original = 'Sara Matos Rodrigues' and lang = 'en' 463 | 0.0001 | enabled | not cached | 930 | SELECT translated, source FROM wp_translations WHERE original = 'd2ecbbd931786040cceb1b0d2481c1' and lang = 'en' 464 | 0 | enabled | cached | 976 | SELECT translated, source FROM wp_translations WHERE original = 'http' and lang = 'en' 465 | 0 | enabled | cached | 959 | SELECT translated, source FROM wp_translations WHERE original = 'ampost.com.br/wp-content/uploads/2015/10/violencia-Copy.jpg' and lang = 'en' Served from: ampost.com.br @ 2016-12-09 19:28:51 by W3 Total Cache -->