09/11/2015 10h08 - Updated 9/11/2015 10h10

Brazil is the fifth country with more murders of women

Every day, treze mulheres são assassinadas no país.
Photo: Facebook / Playback
Photo: Facebook / Playback

Last Wednesday, o corpo da modelo Ana Carolina de Souza Vieira foi encontrado no apartamento em que ela morava no Sacomã, na zona sul de São Paulo. Ela tinha sido estrangulada pelo ex-namorado. Every day, treze mulheres têm o mesmo destino de Ana Carolina: a taxa de 4,8 assassinatos de mulheres para cada 100 000 habitantes coloca o Brasil na quinta colocação do ranking mundial desse tipo de crime, atrás apenas de El Salvador, Colombia, Guatemala e Rússia.

O retrato desse cenário está no Mapa da Violência 2015: Homicídio de mulheres no Brasil, elaborado pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso) e lançado nesta segunda-feira. Ele mostra que nos últimos dez anos o número de mulheres assassinadas passou de 3.937 for 4.762, growth of 21%. Uma em cada três desses crimes foram cometidos por atuais ou ex-companheiros.

O modo como as mortes de mulheres ocorrem também reflete o peso da violência doméstica: menos da metade delas é por armas de fogo, e 27% acontecem dentro de casa. No caso dos homens, 73% são assassinados com armas, e apenas 10% na própria residência. As mortes de mulheres por estrangulamento ou com uso de objetos cortantes são duas vezes mais frequentes do que as masculinas, or what, second specialists, indica os chamadoscrimes de ódio”.

O relatório também compara os índices de assassinatos em todos os estados brasileiros de 2006 a 2013. A escolha da data não foi aleatória: 2006 foi o ano em que entrou em vigor a Lei Maria da Penha, que tinha o objetivo de diminuir a violência contra a mulher. Quando se trata dos assassinatos, os números são desanimadores. Em apenas cinco estados (Rondônia, Holy Spirit, Pernambuco, São Paulo e Rio de Janeiro), as taxas diminuíram. Em Roraima, chegaram a quadruplicar. Na Paraíba, triplicaram.

Source: Veja.com

*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.

Latest news

Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505