Operação Centro interdita hotel irregular no Centro

O local também comercializava produtos vencidos.
05/12/2015 11h23 - Updated 5/12/2015 11h23
Photo: disclosure

A Operação Centro, comandada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGIM) Manaus Prefecture, interditou, on the morning of Friday, 4, o Hotel Taslimã, que funcionava de maneira irregular, há quatro meses, on the street Joaquim Sarmento, in downtown. O Local, além de não possuir as licenças necessárias para funcionar, estava comercializando produtos vencidos.

A Vigilância Sanitária de Manaus (Visa Manaus) encontrou produtos sendo comercializados com a data de validade expirada desde abril de 2015. “A falta de licença é um problema muito grave. Além disso encontramos muita sujeira nos quartos, sem nenhuma condição de ocupação e substâncias tóxicas”, disse o fiscal Evandro Oliveira ao inutilizar os produtos vencidos.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) notificaram o proprietário por falta das lincenças necessárias para o funcionamento regular do hotel.

A operação só foi possível após denúncias encaminhadas à Subsecretaria Municipal do Centro Histórico (Subsemc) por lojistas da Galeria Espírito Santo, que funciona ao lado do hotel.
O local foi interditado e só deverá voltar a funcionar depois de regularizado junto aos órgãos responsáveis.

A coordenadora do GGIM, Geórgia Seki, afirmou que a operação será intensificada para garantir que hotéis do Centro estejam em condições de receber turistas que virão a Manaus. “Ano que vem nós vamos continuar essas ações para garantir que o turista que vem a Manaus, para os Jogos Olímpicos, tenha garantia de segurança durante a hospedagem”, he explained.

A ação contou com a Subsecretaria Municipal do Centro Histórico (Subsemch), House Military, Defesa Civil Municipal, Municipal Finance, Information and Internal Control Technology (Semef), Municipal Institute of City Planning (Implurb), Municipal Environment and Sustainability (Semmas), Visa Manaus, Military police, Fire Department, Municipal Secretariat for Women, Social Assistance and Human Rights (Semmasdh), Conselho Tutelar e Eletrobrás.


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505