Amazon farmers receive more than 8 million Conab

In 2015, a Conab operacionalizou cerca de R$ 287 milhões em todas as modalidades do PAA.
04/01/2016 12h23 - Updated 4/01/2016 12h23
Photo: reproduction

Agricultores familiares do Amazonas puderam contar com R$ 8,2 milhões no apoio à comercialização de sua produção. Esse foi o montante aplicado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) na modalidade Compra com Doação Simultânea (CDS) do Programa de Aquisição de Alimentos (ON).

A Associação de Mulheres Indígenas MAPANA é uma das entidades beneficiadas pelo Programa. Localizada no município de Tabatinga, a associação, que integra a Comunidade Belém do Solimões, forneceu 63 toneladas de produtos regionaiscom destaque para o abacaxi, banana, cupuaçu, melancia e macaxeira. A produção foi destinada a alunos, em sua maioria indígenas da etnia Tikuna, da Escola Municipal Eware Mowatcha, reforçando a alimentação escolar da própria comunidade.

O projeto envolveu 10 family farmers, sendo oito mulheres, com um investimento de cerca de R$ 65 thousand reais. Esta foi a primeira ação realizada no município de Tabatinga, na Região do Alto Solimões, e contou com o apoio da Funai, do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário do Estado do Amazonas (EXECUTION), do Conselho de Alimentação Escolar, do Conselho Municipal de Saúde e da prefeitura.

All over the country, a Conab operacionalizou, in 2015, about R $ 287 milhões em todas as modalidades do Programa de Aquisição de Alimentos (ON). O Programa, desenvolvido em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), tem como finalidade essencial o apoio aos agricultores familiares por meio da compra de sua produção.

Os alimentos adquiridos são destinados a pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional atendidas pela rede socioassistencial, pela rede pública e filantrópica de ensino e saúde, e pelos equipamentos de alimentação e nutrição e de segurança pública.


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use