Minister of Justice decides to leave office after criticism of the PT to the Federal Police

Cardozo disse a interlocutores que o partido não entende o seu papel como ministro.
29/02/2016 11h52 - Updated 29/02/2016 11h52
Photo: Heitor Feitosa / SEE

Alvo de críticas do PT desde o ano passado, Justice Minister, José Eduardo Cardozo, decidiu que vai deixar o cargo nesta semana, segundo a edição desta segunda-feira do jornal O Estado de S. Paulo. A decisão foi tomada depois que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se queixou, no last Saturday, de estar sendo perseguido pela Polícia Federal, comandada por Cardozo.

Durante a festa de 36 anos do PT, held on 27, Lula reclamou que, from Monday, its banking secrecy, telefônico e fiscal poderia ser quebrado e voltou a afirmar que é a pessoamais honestado Brasil.

The next day, not Sunday, Cardozo disse a interlocutores que o partido não entende o seu papel como ministro quando critica a Polícia Federal. According to him, a corporação tem autonomia para fazer investigações e ele só pode atuar quando há violação de direitos.

Cardozo, However, deve ocupar outro cargo e permanecer no governo. According to the newspaper O Sheet. Paulo, ele pode ser deslocado para a Advocacia Geral da União (AGU).

Source: Veja.com


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505