19/02/2016 17h08 - Updated 19/02/2016 17h08

Mutirão jurídico atendeu mais de mil presos na Unidade Prisional do Puraquequara

Na próxima semana haverá mutirão de saúde na UPP.
Photo: disclosure
Photo: disclosure

A Unidade Prisional do Puraquequara (UP) iniciou na última segunda-feira (15), um mutirão jurídico para internos da unidade. No encerramento das atividades na tarde desta sexta-feira (19), mais de mil presos foram atendidos em ação desenvolvida pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) e Umanizzare Gestão Prisional.

O secretário, Pedro Florencio, explica que a ação que já foi desenvolvida no mês passado no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), vai percorrer as demais unidades do sistema prisional. “Através da assistência jurídica, os internos ficam cientes da situação dos seus processos penais. No caso da UPP, que é uma unidade com cerca de 90% de presos provisórios, eles verificam a situação e agendamento das suas audiências”.

Para a ação jurídica a Umanizzare solicitou apoio dos advogados das demais unidades para realizarem o atendimento em dois horários: 9h às 12h e 13h30 às 17h. O diretor da UPP, Ilson Vieira, ressalta que o objetivo do mutirão era atender a maioria da população carcerária da unidade, currently has 1386 arrested. “Muitos precisavam dessa ação pra ter um acompanhamento mais de perto. Os advogados prestaram um atendimento sobre cada caso e o saldo final foi positivo porque muitos tiveram muitas dúvidas esclarecidas”.

Na próxima semana a UPP receberá o mutirão de saúde para os internos da unidade. Pedro Florencio ressalta que as assistências médicas, jurídicas, sociais e psicológicas estão sendo priorizadas. “O primeiro passo na Unidade Prisional do Puraquequara se deu nessa semana com os advogados acompanhando juridicamente os internos, especialmente porque muitos não possuem advogados particulares. A partir da próxima segunda se inicia o trabalho com todo o corpo médico para traçar um diagnóstico de saúde da população carcerária da UPP”.

Os atendimentos médicos ocorrerão no mesmo horário que o mutirão jurídico. Iniciando na segunda-feira (22), a partir das 9h com médicos, nurses, dentistas e auxiliares de enfermagem.

*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.

Latest news

Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505