18/04/2016 17h12 - Updated 18/04/2016 17h16

De olho em cargo no governo de Temer, Braga deve entregar Ministério a Dilma ainda nesta semana

Até a semana passada Braga afirmava que continuaria no cargo.
Photo:  José Varella (Senate Agency)
Photo: José Varella (Senate Agency)

Após a maioria da bancada do PMDB votar a favor do impeachment, o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga e o ministro da Secretaria de Portos (SEP), hélder barbalho, ambos do PMDB, devem entregar os cargos ainda nesta semana.

Os ministros devem abandonar o Governo porque já estão de olho em cargos no governo de Michel Temer (PMDB). A informação foi passada com exclusividade por membros da cúpula do PMDB ao AM Post.

Até a última sexta-feira (15), o ministro Eduardo Braga se mostrava fiel a presidente Dilma Rousseff, tanto que afirmou, in an interview, que o processo de impeachment “é apenas por questões políticas” e que a presidente não cometeu crime.

Braga garantiu, still, que caso o processo de impeachment avançasse para o Senado, a esposa dele, Sandra Braga, votaria contra o impeachment.

O ministro disse, also, que o PMDB “sempre se admitiu divergências” e por isso continuaria no Ministério normalmente. “Seja qual for o resultado de domingo, na segunda-feira as coisas vão continuar funcionando e teremos um longo período a caminhar”, garantiu Braga na última sexta-feira (15).

however, segundo caciques do partido, Braga deve abandonar Dilma ainda essa semana para garantir um cargo no governo de Temer. And now, vai ou fica, Braga?

AM Post Writing

*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.

Latest news

Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505