29/04/2016 16h24 - Updated 29/04/2016 16h24

Estado gasta R$ 43,4 milhões por mês naacademia do crime”, afirma juiz

Custo médio de cada preso para o Estado é de R$ 4 thousand a month.
Juiz Henrique Veiga Lima na audiência Pública da Assembleia Legislativa do Amazonas.  (Photo: OF-AM)
Juiz Henrique Veiga Lima na audiência Pública da Assembleia Legislativa do Amazonas. (Photo: OF-AM)

O coordenador da 9ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), juiz Henrique Veiga Lima, He said on Friday (29) em uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Amazonas (OF-AM) que o custo médio mensal de um preso para o Estado é de cerca de R$ 4 one thousand. Today, segundo dados da Secretaria de Justiça, Human Rights and Citizenship (Sejusc), existem cerca de 10,8 mil presos na capital, o que representa um custo de pelo menos R$ 43,4 million per month, and R $ 521,1 milhões ao ano para o Governo do Estado.

É um dinheiro que está sendo mal gasto, porque estamos gastando uma fortuna com a academia do crime”, afirmou lembrando as péssimas condições das penitenciárias do Estado, e falta de políticas de ressocialização que para ele só contribuem para o aumento da criminalidade no Estado. “Quando o preso tem condições, dos presos convenientes trabalhados, pelo menos sete não voltam para o sistema (quando ganham liberdade não voltam a cometer crime). Quando não temos isso (ressocialização), essa taxa de reincidência é muito grande”, he said.

Os dados foram confirmados pelo secretário de Estado de Administração Penitenciária, Pedro Florencio, que informou que há sete meses vem trabalhando para mudar a situação das penitenciárias do Estado. As informações foram dadas durante audiência pública na Assembleia Legislativa do Amazonas que debateu o cumprimento da lei estadual que prevê reserva de vagas de emprego para ex-presidiários e presos do regime aberto e semiaberto em empresas que firmam contrato com o Estado.

During the hearing, a juíza Rosália Guimarães, titular da 2ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (2ª Vecute), lembrou que o Estado gasta cerca de R$ 2 mil ao mês para manter um estudante no ensino médio, value 50% inferior ao gasto com um preso. “Se a população for consultada sobre onde quer investir mais dinheiro não será difícil chegar a um resultado. Então é preciso pensar onde querem que gastem o dinheiro que estão pagando”, said.

*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.

Latest news

Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505