29/04/2016 15h10 - Updated 29/04/2016 15h14

PC releases image of former military policeman who is on the run

O criminoso matou um universitário no ano de 2013.
Photo: PC Release
Photo: PC Release

The titular delegate of Police Specializing in s and Polinter (DECP), Antonio Rondon Jr., pede a colaboração da imprensa e da sociedade para obter informações sobre o paradeiro do ex-soldado da Polícia Militar Antônio Augusto da Silva Serrão Júnior, 33, indiciado pelo homicídio do universitário Fábio de Souza Ferreira, ocorrido em agosto de 2013. The victim had 26 years. As the police authority, o infrator chegou a cumprir pena pelo crime, mas após concessão de liberdade, não foi mais encontrado.

De acordo com Rondon Jr., no dia do delito a vítima teria ido para uma festa no bairro Raiz, South zone of the capital, onde um amigo do universitário o aguardava. Ao chegar ao local Fábio teria presenciado uma briga envolvendo o amigo dele e dois indivíduos não identificados. Fábio teria tentado apartar o confronto e sugerido ao amigo que eles deixassem o lugar, com medo de represálias. Armado, Antônio estava na festa, perseguiu a vítima e efetuou três disparos contra o estudante, que foi alvejado na cabeça, na nuca e no peito.

“Quatro dias após o crime, o infrator se apresentou espontaneamente no 3° Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde alegou legítima defesa e foi liberado, por estar fora do flagrante. In season, eu respondia pela titularidade da Delegacia Especializada Homicídios e Sequestros (Dehs) e, após ter acesso às imagens das câmeras de segurança da festa e ouvir testemunhas, constatei o propósito de Antônio em cometer o crime e representei o mandado de prisão em nome dele”, explicou o titular da DECP.

Antonio Rondon Jr. disse que o ex-policial militar foi preso quando ainda trabalhava na corporação. No período em que esteve recluso, ele conseguiu liberdade por meio de impetração de habeas corpus. Before long, o remédio constitucional havia sido invalidado e um novo mandado de prisão foi expedido, representado pelo delegado Rondon Jr., however, Antônio não foi mais encontrado pelos policiais civis.

According to the police authority, o julgamento sobre o caso está previsto para ocorrer em junho deste ano. “Solicitamos a quem conhecer ou souber qualquer informação que possa contribuir com a localização de Antônio, que entre em contato conosco pelos números (92) 3682-5273 or 3639-3841. Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, concluiu o delegado.

*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.

Latest news

Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505