Ana Amelia: TCU sees indications of irregularities in the accounts of 2015 government Dilma

A senadora listou no Plenário 17 indícios de irregularidades nas contas de 2015 government Dilma.
10/06/2016 13h17 - Updated 10/06/2016 13h17
Photo: reproduction

Ao comentar o processo de impeachment, senator Ana Amélia (PP-RS) levou ao Plenário nesta sexta-feira a notícia de que o Tribunal de Contas da União (TCU) listou 17 indícios de irregularidades nas contas de 2015 do governo Dilma Rousseff. A parlamentar aproveitou para negar que a Comissão Especial que analisa o impedimento esteja cerceando o direito de defesa da presidente afastada.

– There will be 42 testemunhas de defesa. É a prova cristalina de que todos os direitos estão sendo assegurados. Não há qualquer dúvida sobre a isenção da comissão processante. Não podemos falar, therefore, em cerceamento, e é um processo que está sendo acompanhado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski – he said.

Responsabilidade do eleitor
A senadora Ana Amélia também fez uma análise do atual sistema político-eleitoral brasileiro, criticou o elevado número de partidos e o atual sistema de coalizão e defendeu uma ampla reforma. O eleitor também, she said, deve ser cobrado.

A classe política merece, sim, receber muitas criticas, mas o eleitor tem que ter responsabilidade na hora de escolher seus candidatos. O titulo de eleitor é o instrumento da mudança e é preciso responsabilidade na hora sagrada do voto – finished.

Source: Senate Agency


*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.


Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505