10/06/2016 16h46 - Updated 10/06/2016 16h46

Cunha says women account has received illegal funds

He also repeated his call that the amounts deposited in his trust abroad had ancient origin, unrelated to public life.
Photo: Joseph Cross / Agency Brazil
Photo: Joseph Cross / Agency Brazil

O presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), voltou a dizer que a conta de sua mulher no exteriorestá dentro das normas da legislação brasileira e não tem nada a ver com recursos ilícitos”.

This Friday, 10, in a statement, Cunha disse que seráfacilmente comprovadoque não foi transferido dinheiro do truste do qual é beneficiário na Suíça para a conta de Cláudia Cruz no exterior.

Yesterday, a esposa do parlamentar se tornou ré do juiz federal Sérgio Moro, responsible for Operation Lava Jato, acusada por lavagem de dinheiro proveniente de crimes praticados pelo peemedebista e por evasão de divisas.

Volto a reafirmar que não houve recebimento nem utilização de qualquer vantagem indevida e que a acusação de que valores de propina foram gastos em artigos de luxo são falsas, sendo que a referida denúncia não apresentou qualquer prova em relação a isso”, or text says.

Cunha também voltou a defender a sua tese de que os valores depositados em seu truste no exterior tiveram origem antiga, sem nenhuma relação com a vida pública. Já a sua mulher, claims, possui patrimônio próprio adquirido durante seu trabalho como jornalista.

Ele a Cláudia alegam que ela recebeu R$ 5 milhões de indenização da Justiça do Trabalho por uma ação contra a Rede Globo.

This Friday, Minister Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), liberou para julgamento a segunda denúncia contra Cunha.

Ele é acusado de manter contas secretas no exterior abastecidas pelo dinheiro desviado do esquema de corrupção da Petrobras. O mais provável é que o caso seja levado a plenário no dia 23 of June.

Também serão levados para a pauta os recursos da defesa do peemedebista que pedem para que a sua mulher e a sua filha Danielle Dytz sejam julgadas pelo STF, e não por Moro.

De acordo com Cunha, independentemente do julgamento, será oferecida a defesa de Cláudia após a notificação.

Source: Exame.com

*** If you are in favor of a totally free and impartial press, collaborate enjoying our page on Facebook and visiting often the AM POST.

Latest news

Contact Terms of use Wp: (92) 99344-0505